Como a aparência de uma mesma garota muda nos provadores de 11 lojas diferentes

Certamente já aconteceu com você: de volta para casa após fazer compras, você se dá conta que a mesma roupa que experimentou no provador parece não ter o mesmo caimento. Já aconteceu conosco também.

E também já percebemos que alguns provadores enterram nossa autoestima sem dó, enquanto outros parecem até cabines com Photoshop integrado. Por isso, o Incrível.club decidiu investigar o que realmente acontece com esses provadores. Para esta tarefa, enviamos Inna, nossa correspondente na Europa, a 10 das maiores lojas de fast fashion do Velho Mundo. Confira o relato:

Esta sou eu

Não posso dizer que esteja gorda (e espero que você também pense assim). Mas meu aspecto físico tem uns defeitinhos que alguns provadores ressaltam, enquanto outros escondem por completo.

ZARA

Parece que entramos numa espécie de labirinto de espelhos, e que, a qualquer momento, um assassino em série vai surgir através de um desses reflexos. Ou será que ele está atrás deste agasalho ao fundo? De qualquer maneira, ele não seria tão assustador quanto o meu rosto aparenta ser sob esta iluminação tão contrastante de cima para baixo.

Stradivarius

Não tem muito espaço, mas me sinto como em casa e não tenho medo de nada. A iluminação é suave e não incomoda os olhos. Os espelhos, de maneira geral, não transformam muito a silhueta.

SELA

Eu poderia morar neste provador! Tem iluminação agradável, um bom espelho e meu reflexo parece ser bonito e jovem, como eu era na juventude.

PROMOD

Com esta cortina vermelha, me sinto quase o Superman com sua famosa capa. Adorei! Mas falando sério, o vermelho é bom para provocar um contraste com as peças experimentadas. Assim, você percebe imediatamente o que fica bem em você e o que não fica.

OSTIN

Tenho certeza de que as cortinas dos provadores não deveriam ser de cores escuras, pois TODAS as peças de roupa ficam camufladas com o fundo. Como nesta foto.

New Yorker

A luz esverdeada deste provador cria um ambiente psicodélico, e o espelho aumenta as proporções da minha silhueta. Não tenho vontade de ficar aqui mais do que cinco minutos.

MEXX

Espaço…muito… pequenooooo. Quase como num caixão. Se você sofre de claustrofobia, é melhor experimentar as peças no meio da loja mesmo. O rosto pálido só aumenta esta sensação. Mas preciso dizer que minha silhueta ficou ótima no espelho.

Mango

Gosto do meu reflexo neste espelho. Gosto da luz, que não incomoda os olhos e ilumina suavemente os ombros. Acho que vou comprar este vestido azul da nova coleção.

H&M

O provador é razoável: nem bom demais, nem ruim demais. Tem muita luz, muito espaço para você deixar suas coisas, e o reflexo no espelho também não me incomoda. Voltarei aqui na época de liquidações.

Bershka

Huuum, este tipo de iluminação me fez ficar cor de rosa. Quase como o Babe, o porquinho atrapalhado. Ao menos ninguém quis me assar.

Reserved

Meu Deus, é sério que eu estou tão gorda? Não gostei nada do reflexo neste provador. Além disso, a porta não fecha.

Conclusões:

1) A luz influencia muito. Se um provador tem sua iluminação principal na parte de cima e é muito contrastante, é possível que você se assuste com o seu reflexo. Mas não vida real não é assim, eu juro.

2) Provadores com a iluminação principal distribuída vertical e suavemente em ambos os lados do espelho são os melhores. É capaz até de você se apaixonar pelo seu reflexo.

3) Se tiver dúvidas, saia do provador e dê uma volta pela loja. Você não vai encontrar a iluminação ‘normal’, mas verá a si mesma em outro ambiente, poderá comparar e tomar uma decisão.

Não esqueçam de compartilhar com as amigas!

 

fonte: incrivel.club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *